domingo, 12 de junho de 2011

Declaração

"EU DECLARO que vós, para poderves viver, deveis vos armar de olhos da cabeça aos pés: não apenas com buracos para os olhos nas vossas armaduras, mas com olhos enormes, abertos, acordados. Olhos nas orelhas, para descobrir tanta falsidade, tantas mentiras; olhos nas mãos, para ver aquilo que os outros dão e, mais importante, o que tomam; olhos nos braços, para medir vossa capacidade; olhos na língua, para pensar o que dizer; olhos no peito, para ajudar a desenvolver a paciência; olhos no coração, para proteger das primeiras impressões; olhos nos próprios olhos, para ver como eles estão vendo."
[GRACIÁN, Baltasar]

Um comentário:

  1. Que bom ver que você continua produzindo, Pamella! Que bom!!!

    ResponderExcluir

"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..." (Clarice Lispector)